noticias Último publicado em 18 de abril de 2021

Rurany Esther Silva (1953-2021)

Rurany em 1989 Assistente Social, sanitarista, feminista. Anos de trabalho dedicados à causa das mulheres numa trajetória que passa pelas Secretarias Municipal e de Estado da Saúde (Goiânia e Goiás, respectivamente), pelo Ministério da Saúde e pela Secretaria de Políticas para as Mulheres, em Brasília (DF), sua última atuação, como Coordenadora Geral de Saúde da Mulher. No Grupo Transas do Corpo, organização que construiu junto com as fundadoras, permaneceu por 15 anos, até sua saída para o Ministério da Saúde. Estamos aqui reunidas, nesse texto a dez mãos, para recuperar alguns momentos desta história da Rura conosco no Transas. Rurany com equipe do Transas em 1989 Em 1988, quando o Transas tinha apenas um ano de idade, conhecemos Rurany nas atividades desenvolvidas no âmbito do Programa de Assistência Integral à Saúde da Mulher (PAISM). Fazíamos oficinas educativas em saúde e sexualidade e ela participou de uma delas, nascendo daí um...

Ler notícia na integra

 

Ver mais noticias

  • Fernanda Calderaro (1978-2020)
  • Uma experiência tecida nas tramas do feminismo
  • Publicação digital sistematiza experiência do Circuito da Diversidade na Escola
  • Nota em defesa da Resolução CFP 01/99
  • Ferramentas virtuais criam novo espaço de troca entre as participantes do Encontro Fortalecendo e Tramando Redes Feministas 2017
  • Exposição aborda as trajetórias do Grupo Transas do Corpo e Ser-tão
  • Circuito da Diversidade realiza primeira Mostra de Artes no CEJA
  • Ocupa e Transas oferecem formação em Teatro Jornal em Aparecida de Goiânia
  • Jovens artistas de Aparecida de Goiânia recebem oficina de Teatro Jornal
  • 12345... 29››Página 1 de 29
    30anos
    Grupo Transas do Corpo
    Ações educativas em gênero,
    saúde e sexualidade.